Aprenda a enfrentar a ansiedade em “7” passos


Foto de MART PRODUCTION no Pexels

A ansiedade é uma doença que afeta pessoas de todas as faixas etárias, no mundo inteiro. As causas do problema variam para cada indivíduo, mas os sintomas afetam o corpo e a mente.

Na saúde física, a ansiedade se manifesta com falta de ar, tremores, dor no peito, problemas digestivos, distúrbios de sono e aceleração dos batimentos cardíacos.

Na saúde mental, a ansiedade causa medo intenso, preocupação excessiva, insegurança, negatividade, irritabilidade, nervosismo, inquietação e dificuldade de concentração. A partir da identificação de alguns desses sintomas, um profissional da saúde poderá indicar o tratamento para a doença. Saiba mais sobre isso!

Quem tem ansiedade sofre?

Como os transtornos mentais foram um tabu na sociedade, muitas pessoas ainda acreditam que a ansiedade é uma frescura, e não uma doença. Entretanto, quem tem ansiedade sofre e precisa de cuidados, pois esse transtorno provoca sintomas físicos e psicológicos, como fadiga e insegurança.

Como você lida com a ansiedade?

A ansiedade é uma doença e deve ser tratada com seriedade e responsabilidade, por isso o melhor jeito de lidar com ela é com o auxílio de profissionais. Portanto, se você se identifica com algum dos sintomas da ansiedade, procure atendimento psicológico. Pelo Sistema Único de Saúde, você pode obter esse auxílio gratuitamente.

Como acalmar a ansiedade rapidamente?

Embora não exista uma solução mágica para a ansiedade, há um jeito de amenizar os sintomas que ela estimula. Se você perceber que uma crise começará, é necessário acalmar a mente.

Em primeiro lugar, respire fundo. Depois, vá para um lugar tranquilo, como um banheiro. Observe o ambiente que você escolheu, pensando na cor das paredes, nas texturas que você vê, no cheiro desse espaço. Seguindo esses passos, a sua atenção será direcionada para o presente, acalmando a ansiedade.

Como perder o medo de ter crise de ansiedade?

Durante uma crise de ansiedade, as sensações que uma pessoa tem são tão intensas que pode ser difícil recuperar o próprio bem-estar. Logo, é totalmente compreensível que os ansiosos tenham medo de ter crises de ansiedade.

Esse medo, entretanto, também é prejudicial. Afinal, esse sentimento está se manifestando por algo que pode não acontecer. Em vez de pensar sobre a possibilidade a crise de ansiedade ocorrer, comece a focar no presente para evitá-la.

Dessa maneira, você deve se concentrar no que está fazendo e no que pode tocar, respirando fundo se for preciso. Ao fazer isso, você vai ver que não há motivos para temer o que ainda não aconteceu e que talvez nem aconteça.

Dicas para enfrentar a ansiedade

Depois de aprender um pouco mais sobre as implicações da ansiedade, experimente sete dicas para enfrentar esse transtorno com eficiência!

1) Peça ajuda

Ninguém deve enfrentar a ansiedade sozinho. Sendo assim, o primeiro passo para lidar com essa condição é pedir ajuda. Você pode pedir ajuda para amigos, familiares ou diretamente para profissionais da saúde. Faça isso por meio de uma conversa sincera, sem medo de julgamentos, porque todos querem o seu bem.

2) Tenha gratidão

Por meio da gratidão, nós conseguimos recordar experiências positivas e reconhecer as nossas conquistas. Se você recebeu o diagnóstico de ansiedade, talvez seja difícil pensar sobre tudo isso, por isso comece agradecendo pelas coisas simples, como pelos seus amigos ou pela sua casa.

3) Treine sua respiração

Respirar e expirar é um exercício fundamental durante uma crise de ansiedade. Caso você esteja sentindo muito medo do futuro ou de uma situação que aparentemente não é ameaçadora, respire fundo. Você ainda pode se acalmar listando o que você pode ver, cheirar, tocar ou saborear no ambiente em que você se encontra.

4) Defina uma rotina

A definição de uma rotina auxilia uma pessoa ansiosa a ter mais controle sobre os dias. Assim, o cotidiano se torna um pouco mais previsível e organizado, reduzindo a sensação de incerteza sobre o futuro, inclusive essa medida vai ajudá-lo a ter noites de sono melhores.

5) Investigue as causas da ansiedade

Muitas vezes, a ansiedade se manifesta quando uma pessoa mistura pensamentos com a realidade. Será que a sua preocupação existe por algo que realmente vai acontecer ou você está apenas imaginando o pior cenário possível para uma situação? Preste bastante atenção à diferença entre essas duas hipóteses.

6) Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios físicos é positiva para o corpo e para a mente. Dessa forma, reserve um período da sua rotina para se movimentar, mesmo que seja só para se alongar. Assim, você vai melhorar a sua concentração no presente e aumentar o seu bem-estar.

7) Alimente-se corretamente

Uma alimentação equilibrada é fundamental para nos sentirmos bem. Por isso tenha sempre em mente os horários certos para comer, para que você não pule refeições quando a ansiedade estiver intensa. Concentre-se em cada alimento, reservando esse tempo para se acalmar também.

Considerando o conteúdo apresentado, entendemos que a ansiedade é uma questão de saúde pública, que deve ser tratada por profissionais da saúde. Além disso, seguindo as sete dicas que preparamos para o seu cotidiano, é possível aumentar a sua qualidade de vida e aliviar os sintomas dessa condição. Cuide-se!

Anterior 10 vantagens de se ter uma Ginecologista particular
Esta é a notícia mais recente.