FRIACA: COMO ALIVIAR AS DORES NAS PERNAS?

A fisioterapeuta, Raquel Silvério, especialista em membros inferiores e diretora do Instituto Trata de Guarulhos, fala sobre o assunto

É só o tempo mudar, o termômetro medir alguns graus mais baixos que o nosso corpo já nos alerta que há algo errado. Principalmente os mais velhos, sentem um desconforto maior nessa época. As reclamações são várias, mas as que sempre estão na lista são as dores nas costas e nas pernas.

Em um estudo recente da Escola de Medicina da Universidade de Harvard (EUA) e do Centro de Gerenciamento da Dor no Brigham and Women´s Hospital, em Boston (EUA), 67% dos entrevistados responderam que sentem mais dor quando uma mudança brusca no clima ocorre. E embora ainda não haja comprovação científica, muitos profissionais da área da saúde acreditam que sim, há relação entre dor e frio. Por isso, a especialista em membros inferiores, Raquel Silvério, irá explicar e dar dicas de como aliviar as dores nesse período.

Se você acha que as dores no frio perseguem apenas aqueles já que possuem alguma doença crônica, está enganado. Segundo a fisioterapeuta, essas pessoas são sim mais propensas a sentirem um desconforto maior em dias que a temperatura está mais baixa, mas fique de olho, ninguém está completamente livre de passar por uma situação assim. Mas por que isso ocorre?

“Isso acontece porque a nossa circulação no frio acaba ficando mais concentrada nas regiões internas do nosso corpo, como coração, cérebro, rins. E por conta disso, regiões mais periféricas como musculatura e pele, ficam com menos circulação. Com isso, as nossas terminações nervosas, como tendões, articulações, são estimuladas pelo frio e promovem uma sensação de dor. Nossas articulações apresentam barorreceptores, sensores de pressão, que são sensibilizados com essas mudanças.”, explica Raquel.

Ainda segundo a especialista em membros inferiores, o nosso corpo todo sente os efeitos de uma queda de temperatura e tenta agir de forma a manter o nosso organismo aquecido. Por isso para aqueles que não quererem sofrer as dores do frio é super importante ficar atentados a alguns cuidados. Confira as dicas da fisioterapeuta:

1.Aqueça o corpo: Usar roupas bem quentes que proteja os pés e as mãos. Os dias mais frios são ótimos para consumir bebidas quentes como sopas e chás, isso ajuda o corpo a se manter aquecido.

2. Faça alongamentos: Um corpo mais rígido possui uma propensão maior a sofrer dores no frio. Por isso, é importante criar o hábito de se alongar de manhã. Dessa forma, o corpo fica ativo e evita lesões ao longo do dia.

3. Pratique exercícios: Em dias mais frios, as pessoas tendem a se mexer menos, o que ajuda no surgimento de dores. A prática de exercícios faz com que o corpo fique aquecido, fazendo o sangue circular.

4. Trate as doenças que causam as dores: Se você possui alguma doença crônica, como a artrite, é essencial seguir um tratamento indicado para que as dores não incomodem.

“Se as dores continuarem, estiverem aumentando de forma crescente, é super importante procurar um médico ou fisioterapeuta especializado, para que todos os exames sejam feitos e o tratamento seja prescrito.”, conclui a fisioterapeuta.

Para saber mais sobre doenças, tratamentos, dicas, acesse: www.itcguarulhos.com.br

Raquel Silvério é fisioterapeuta (Crefito: 116746-F) e Diretora Clínica do Instituto Trata, Unidade de Guarulhos, a profissional possui especialização em fisioterapia músculo esquelética pela Santa Casa de São Paulo, além de formação em terapia manual ortopédica nos conceitos Maitland, Mulligan e Mckenzie e forte experiência em tratamentos da coluna vertebral. Acesse: www.institutotrata.com.br

Anterior Dia do Fisioterapeuta: especialista lista 5 dicas essenciais para retomar as atividades físicas no pós pandemia
Próxima Alerta: Secretaria da Saúde convoca faltosos para 3ª dose contra a COVID-19