Pular para o conteúdo
Início » Oncologista dá 6 dicas para prevenção ao Câncer

Oncologista dá 6 dicas para prevenção ao Câncer

Foto de Anna Shvets no Pexels

 

Eliminar o uso excessivo do álcool e o tabagismo estão entre as recomendações do Dr. Bruno Santucci, médico parceiro de Vidia e diretor do Hemomed – Instituto de Oncologia e Hematologia

Construir hábitos saudáveis em busca de uma vida mais equilibrada é o segredo para a longevidade. Eliminar o uso excessivo do álcool e do tabagismo, praticar exercícios físicos e estar atento a uma boa alimentação são algumas das recomendações para evitar o surgimento da doença. Para falar mais sobre o tema, convidamos Bruno Santucci, médico parceiro da Vidia – plataforma digital que viabiliza cirurgias para pessoas que não têm plano de saúde em hospitais particulares – e diretor médico do Hemomed (Instituto de Oncologia e Hematologia).

Confira a seguir, as 6 dicas para prevenção e melhoria da saúde e qualidade de vida:

1- Elimine o uso excessivo do álcool e o tabagismo

Quando o assunto é a prevenção ao surgimento de um câncer, o combate ao tabagismo e à ingestão de álcool são fundamentais na busca por mais qualidade de vida. Ambos são fatores de risco para diversos tipos de tumores, o que faz o esforço para eliminação desses maus hábitos valer a pena. Por ano, estima-se que o uso do cigarro seja responsável pela morte de mais de 8 milhões de pessoas, segundo dados da OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, o registro de mortes relacionadas aos “transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de álcool” tiveram aumento de 18,4%, de 2019 para 2020, de acordo com informações do SIM (Sistema de Informações sobre Mortalidade), do Ministério da Saúde.

2- Atenção ao ambiente e à genética

Embora a origem genética dos cânceres ocorra em menos de 10% dos casos, é preciso redobrar a atenção quando algum familiar desenvolve a doença. “Como geralmente parentes têm costumes bastantes semelhantes, é preciso prestar atenção, já que a pessoa pode estar exposta a uma rotina parecida”, explica Santucci. O estilo de vida influencia de forma relevante a saúde. Cuidados com a alimentação e a frequência de atividade física no dia a dia fazem toda diferença.

3-Pratique exercícios físicos

Realizar uma atividade física é o melhor caminho para uma vida mais saudável. Sempre que possível, procure acompanhamento profissional. Caso não caiba no orçamento pagar por um serviço privado, procure realizar pequenas mudanças no cotidiano, incluindo mais movimentos realizados, ao longo do dia. A cada uma hora, procure se mexer e invista parte do seu tempo livre em uma prática que mais lhe agrade.

4- Tenha uma boa alimentação

Com a inflação nas alturas, nem sempre é simples manter uma boa alimentação. Uma boa dica é procurar a chamada hora da xepa, no final das feiras livres, ao realizar as compras para semana. Dê preferência a produtos naturais, frutas e vegetais e evite embutidos como salsicha e linguiça, alimentos com corante e conservantes e carne vermelha. Se não puder cortar, tente reduzir a ingestão. “Não ter uma alimentação saudável está relacionado ao aumento da incidência de tumores no estômago, esôfago e intestino. Além disso, o sedentarismo e a obesidade também estão ligados ao aumento no número de casos de câncer de mama e pâncreas.” diz Santucci.

5- Mantenha hábitos saudáveis

Hábitos saudáveis como o controle da obesidade, cessação de tabagismo e do consumo abusivo do álcool, além de uma alimentação regrada, estão associados a menos chances de surgimento da doença e da metástase (quando um câncer inicial se alastra por meio de novas lesões, afetando outros órgãos e tecidos). Mesmo no caso de pacientes que já estão em tratamento, o benefício é indiscutível, uma vez que hábitos melhores surtem efeito imediato na resposta aos estímulos.

6- Realize exames preventivos

A prevenção ao câncer por meio de hábitos de saúde, em conjunto com a detecção precoce, são as principais armas no combate à doença. O maior fator de risco sem dúvidas é a idade, porém, esta é uma causa não evitável, diferente das demais apresentadas anteriormente. “A maior parte dos tipos de câncer ocorre a partir da quinta e sexta década de vida. A partir dessa faixa etária, é preciso redobrar a atenção, procurando realizar exames preventivos como a mamografia, no caso das mulheres, e o preventivo de próstata para os homens”, conclui.

Sobre a Vidia

Fundada em 2020, a Vidia é a primeira plataforma digital que viabiliza cirurgias eletivas para pessoas que não possuem plano de saúde. A healthtech faz isso por meio de parcerias com hospitais particulares, oferecendo valores em média 40% mais acessíveis na comparação com o mercado, e com muitas opções de pagamento. Seu propósito é dar acesso à saúde de qualidade para quem precisa, de forma simples, rápida e sem burocracia. No primeiro ano de atividade, foi acelerada pela Eretz.Bio, hub de inovação do Hospital Albert Einstein, e pelo programa para healthtechs da organização Endeavor. Recebeu investimento de R﹩ 4 milhões, em uma rodada liderada pelo fundo Canary (Loft, Buser), com participação da Aimorés Investimentos (Squid, TeraVoz) e de investidores anjo.