Com prova prevista para janeiro de 2022, buscas pelo concurso IBGE crescem mais de 3.800% em outubro

Um cronograma extraoficial aponta inscrições em dezembro, provas em janeiro, contratação em março e treinamento em maio

Após a pandemia e cancelamento do edital anterior, o concurso IBGE para o Censo Demográfico 2022 deve finalmente acontecer com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) como nova banca organizadora. Mais detalhes sobre o Processo Seletivo Simplificado (PSS) devem ser divulgados em breve pelo IBGE.

De acordo com um levantamento realizado pelo Gran Cursos Online, empresa especializada em educação e capacitação para concursos públicos, houve aumento de mais de 3.800% nas buscas pelo termo “concursos IBGE 2022” em outubro deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

“Com a crise econômica devido à pandemia e a situação política do país, muitos perderam os empregos e podem encontrar em concursos como o do IBGE uma vaga, mesmo que temporária, para contribuir com a renda familiar. As vagas serão distribuídas por todo o país, em uma variedade de municípios e pelas capitais do Brasil”,  pontua Gabriel Granjeiro, diretor-presidente do Gran Cursos Online.

Serão selecionados quase 207.000 servidores temporários. O maior número de vagas é para recenseador com 183.021, seguido por agente censitário superior com 18.420 e agente censitário municipal com 5.450. O Censo Demográfico começará em junho de 2022.

Um cronograma extraoficial já foi lançado e, por isso, os candidatos podem ir se preparando. As inscrições devem ocorrer entre 1o e 23 de dezembro de 2021. A prova objetiva está programada para o final de janeiro, enquanto a contratação deve se dar no final de março. Já o treinamento dos recenseadores está planejado para maio.

Uma nova abordagem será realizada com o respeito aos protocolos sanitários e também com opção para resposta em diversos formatos, tanto em entrevista, como pela internet ou por telefone. Assim, o treinamento se faz essencial para que todos os recenseadores trabalhem dessa nova maneira.

Para quem planeja prestar o concurso do IBGE, vale a pena começar a se preparar para as provas. “É importante ler os editais anteriores para se ter uma ideia do conteúdo que se deve estudar. Algumas das áreas requeridas em provas passadas são língua portuguesa, matemática, ética no serviço público, conhecimentos técnicos, raciocínio lógico quantitativo e noções de administração e situações gerenciais. As provas variam de acordo com o cargo pretendido”, explica Granjeiro.

Os que acham difícil se organizar e estudarem sozinhos podem procurar por cursos tanto presenciais quanto online. Também é possível estudar através de provas passadas e procurar materiais com os tópicos que já caíram antes. É preciso organizar uma rotina de estudos para cobrir todo o conteúdo exigido. Antes de tudo, é necessário ficar atento ao lançamento do edital e fazer a inscrição dentro do prazo.

Sobre o Gran Cursos Online
O Gran Cursos Online oferece comodidade, economia e ganho de tempo aos concurseiros que não podem frequentar aulas presenciais e/ou não têm acesso a escolas preparatórias nas localidades onde residem. A equipe pedagógica possui décadas de experiência em concursos e é formada por professores  renomados, que trabalham nos principais órgãos públicos, autarquias, empresas estatais e instituições públicas do Brasil. A proposta da empresa é oferecer educação transformadora e de qualidade ao maior número de alunos do Brasil, formando profissionais qualificados para servir à sociedade.

Anterior Botox ajuda a gerenciar envelhecimento e tem segredo para o efeito durar mais
Próxima Riscos do dermaplaning e porque você não deve fazer isso com a sua pele