Início » QUANTO GANHA UM PROFISSIONAL DE MARKETING ESPORTIVO?

QUANTO GANHA UM PROFISSIONAL DE MARKETING ESPORTIVO?

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Uma das primeiras coisas que quem está começando no meio do marketing esportivo pensa é o ganho. Afinal, quanto ganha um profissional nessa área? O que esperar de retorno do trabalho com o marketing no mundo dos esportes? Em primeiro lugar, é claro que um bom profissional não foca apenas no lucro. Contudo, é muito bom colocar no planejamento também o retorno esperado.

A primeira coisa que se deve fazer é estabelecer a área de atuação. Um profissional de marketing esportivo pode atuar de inúmeras formas. Delimitar as funções que deseja fazer é um bom começo para quem quer ter um retorno. Só depois disso pensar nos valores. Essa é uma ordem importante dos passos.

Mas como definir a minha área de interesse? Em outras palavras, como acertar na escolha da minha atuação? Em primeiro lugar, não há quem não busque o prazer naquilo que faz. Ou seja, é bom trabalhar naquilo que mais traz satisfação pessoal. Além disso, o ambiente que você está empreendendo é diverso.

O que é a indústria do esporte?

Há um bom tempo o sentimento apaixonado pelos esportes se tornou uma possibilidade para os negócios. Quero dizer que o esporte se tornou uma indústria. Sim, isso mesmo! E esse é um ramo em constante crescimento, que gera diariamente  inúmeras oportunidades de se ter lucro. Isso tudo se envolvendo com algo que se tem amor.

Várias são as possibilidades. Um profissional nessa área pode trabalhar principalmente junto às marcas. De que maneira? Aqui podemos listar algumas coisas:

  • Atuar junto aos patrocínios de empresas: dando assistência na construção da imagem da marca junto a um time;
  • Vendas de ingressos: isso inclusive de maneira remota, online, com menos gatos e maior lucro;
  • Produção de conteúdo: as pessoas que procuram um produto esperam qualidade. Contudo, esperam muito mais autoridade. Isso pode ser demonstrado pela produção de conteúdo. É mostrar o conhecimento sobre aquilo. Pois, a produção de artigos gera uma ótima visibilidade;
  • Lançamento de artigos: aqui o profissional trabalha com produtos esportivos e motiva as vendas;
  • Apostas online: isso envolve muito a emoção do torcedor. Pode ser uma boa oportunidade para o retorno desejado. É um grande cassino virtual. Esse é o caso, por exemplo, do 20Bet;
  • Eventos: sempre nos eventos se precisa de uma boa preparação. Isso pode ser uma oportunidade de atuar na organização. Em vários momentos a imagem do esporte está em jogo. Portanto, a todo tempo há a atuação do marketing esportivo;
  • Entre outros.

A autonomia que tanto deseja!

Outra possibilidade muito interessante é a consultoria. Por causa da formação que já existe nessa área, muitos alcançam a sua autonomia. É melhor perguntar para quem sabe da coisa. O profissional desse ramo pode trabalhar por conta própria. Pode até criar uma agência só sua. Portanto, ser dono do seu próprio negócio.

Contudo, quem investe nessa área precisa estar disposto a engajar. Em outras palavras, precisa usar muita criatividade para fazer campanhas. O foco é alcançar o público. Precisa investir muito tempo em pesquisa. É importante saber o que está rolando nesse universo esportivo. Uma pesquisa sobre o real brasileiro, por exemplo, favorece muito o planejamento da renda que deseja. Entenda: a valorização da moeda também tem relação com o seu trabalho.

Qual retorno esperar por isso?

Antes de saber quanto cobrar, é necessário compreender a economia. O valor médio que alguém pode ganhar como analista chega a R$ 3.775,48. Acha um valor justo? No entanto, isso depende da área de atuação. Isso envolve preços de produtos lançados, valores por prestação de serviço, etc. 

Além disso, os valores não são fixos. É preciso sempre realizar pesquisas comparativas. Ou seja, o que está acontecendo no mercado. Também se deve ter em conta o comportamento do consumidor.

Como alcançar o lucro que desejo?

Sem dúvida alguma, todos compramos sempre por atração. O produto em uma loja sempre está nos chamando a atenção. Na prateleira encontramos um baita convite. Tudo isso faz com que alguém passe, olhe, sinta-se atraído e queira comprar.

Essa atração é conquistada por estratégias específicas. Sempre elas estão ligadas às emoções do público. A pergunta que deve ser feita, portanto, é: O que chama a atenção do meu público? Isso não difere no marketing esportivo.

Se você parar para pensar, é a emoção que conta no esporte. O que precisa ser feito é, pois, saber como direcionar tudo isso para o rumo certo.

Esse rumo geralmente são as marcas, as apostas, eventos, entre outros. Contudo, o que sempre conta é a apresentação disso. Se você tem um lucro em mente, precisa pensar, em primeiro lugar, em como oferecer o que o seu público deseja.

Pergunte-se: por que uma empresa investe em marketing esportivo? Porque há alguém que lhe convence de que necessita disso? É interessante mostrar para os apaixonados em esportes que, para além disso, há inúmeras possibilidades de se fazer negócio, de se movimentar.