Pular para o conteúdo
Início » Aumento de corpos sarados no verão acompanha a crescente no número de cirurgias plásticas

Aumento de corpos sarados no verão acompanha a crescente no número de cirurgias plásticas

 

No verão, aumenta a quantidade de pessoas exibindo seus corpos. Além das praias, clubes e piscinas que recebem muito mais gente, as redes sociais também são inundadas de fotos e vídeos de pessoas frequentando esses locais. Mas por trás dessa exposição e junto a essa crescente, existe um aumento no número de cirurgias plásticas. Somente no início de 2021, a procura por procedimentos estéticos aumentou em quase 50%, conforme dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS).

Ainda de acordo com uma pesquisa divulgada pela ISAPS em dezembro de 2019, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de cirurgias plásticas, seguido por Estados Unidos e México, respectivamente. O diretor do Centro Nacional – Cirurgia Plástica Arnaldo Korn acredita que essa liderança tem dois motivos: “Procedimentos modernos e facilidades de pagamento contribuem para que o Brasil seja o país que mais faz cirurgias plásticas” aponta.

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) revelam que, todos os anos, são feitos mais de 1,5 milhão de procedimentos estéticos no Brasil. Além disso, os últimos dez anos registraram um aumento de 141% nos procedimentos entre jovens de 13 a 18 anos. As cirurgias mais procuradas no mundo são: aumento mamário com prótese de silicone, lipoaspiração, blefaroplastia, abdominoplastia, rinoplastia, mastopexia, redução mamária e lifting facial.

Essa crescente de cirurgias plásticas pode ser facilmente comprovada e observada especialmente no verão, quando as pessoas encontram espaço para mostrar os resultados de seus procedimentos. Seja por estética ou por saúde, hoje, existem ainda mais motivadores facilitando o acesso às cirurgias. Um deles é a possibilidade de contar com uma assessoria administrativa e financeira para intermediar os custos das cirurgias, tornando todo o processo financeiro muito mais simplificado e acessível.

“Atualmente, existem empresas que cuidam especificamente de assessoria administrativa para esta área de procedimentos cirúrgicos, como é o caso do Centro Nacional – Cirurgia Plástica, que torna o processo eficiente, possibilitando o pagamento em parcelas sem que seja necessário comprometer o orçamento”, explica Korn.

Lembrando que para fazer uma cirurgia plástica é indispensável contar com os serviços de um médico-cirurgião que tenha especialidade em cirurgia plástica ou que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), para garantir a segurança e evitar qualquer dor de cabeça.