Pular para o conteúdo
Início » “Corrida Maluca” retorna ao Brasil e desembarca em Ribeirão Preto de modo inédito

“Corrida Maluca” retorna ao Brasil e desembarca em Ribeirão Preto de modo inédito

Com inscrições abertas, Red Bull Ladeira Abaixo, competição com carros sem motor, acontece no interior paulista

Participantes descem a ladeira na última edição do evento no Brasil, em 2019 (Crédito: Fabio Piva/Red Bull Content Pool)

Já imaginou ver personagens inesquecíveis de desenhos animados e filmes clássicos, uma marmita gigante, uma esfinge ambulante ou até mesmo a arca de Noé sendo pilotados pelo interior de São Paulo? Sim, isso é possível! Depois de alguns anos sem vir ao Brasil, o Red Bull Ladeira Abaixo, uma corrida maluca disputada por carros sem motor cheios de criatividade, está de volta e acontecerá em Ribeirão Preto (SP) pela primeira vez em sua história, no dia 9 de outubro. Com inscrições abertas, pessoas do Brasil inteiro podem se inscrever: só é preciso imaginação, um grupo de amigos e muita coragem!

Participante de 2019, o engenheiro Antônio Macedo desenvolveu, à época, o carro A Ponte Estaiada, um dos principais cartões postais da capital paulista, localidade que sediou a última edição do torneio.

“Pensamos na Ponte Estaiada porque é um marco para a cidade de São Paulo e, para nós, engenheiros, é legal vermos uma obra desta, pois é bem desafiadora”, relembra. “Fico muito feliz de ter um evento mundial desta grandiosidade no quintal de casa, e me sinto lisonjeado da nossa cidade ter sido a escolhida para a edição deste ano”, finaliza.

Com mais de 130 etapas realizadas ao redor do mundo desde seu surgimento, o evento, que lembra uma “corrida maluca”, convida pilotos – experientes ou não – a construírem seus próprios carrinhos para descer uma via íngreme, movidos à força da gravidade. Os interessados devem abusar da criatividade e levar em consideração que tudo pode virar um carro. Para ser um dos malucos a encarar esse desafio, basta desenhar o projeto do carrinho, que não pode ter motor, enviar a inscrição pelo site redbull.com/LadeiraAbaixo e aguardar a confirmação, enquanto se prepara para colocar a mão na massa.

Os 50 projetos mais criativos serão selecionados pela organização do evento para competirem no segundo semestre, com o objetivo de descer uma ladeira com alguns obstáculos no caminho, e completar o circuito proposto. Os escolhidos, que podem formar equipes de até quatro pessoas, terão cerca de três meses para construir o projeto apresentado antes de encararem o desafio final. Vale destacar que o transporte do carrinho até o local da competição será feito pelos próprios competidores, independente de sua cidade de origem.

No Brasil, esta é a sétima edição da corrida, que já aconteceu em Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE), Balneário Camboriú (SC), Belo Horizonte (MG), Goiânia (GO) e São Paulo (SP). Na última edição nacional, em 2019, a competição contou com um time de peso: Caio Castro no comando do evento e, no júri, o ator Felipe Titto, o surfista de ondas gigantes Pedro Scooby, o youtuber Léo Picon, a skatista Yndiara Asp, o apresentador de TV Gerson Campos, e a coreógrafa Aysla Martins.

Site para inscrições: www.redbull.com/LadeiraAbaixo

Participant performs during Red Bull Ladeira Abaixo in Sao Paulo, Brazil on April 14, 2019 // Fabio Piva / Red Bull Content Pool // SI201904150590 // Usage for editorial use only //