Dengue: médicos em estado de alerta

Já passam de cem os casos confirmados da doença em Guaíra, sem notificação de nenhum caso grave ainda. As regiões mais afetadas são as do bairro Vivendas, Centro, Tônico Garcia e Bom Jesus. Saiba mais.

Guaíra foi visitada hoje pelo chefe da Vigilância Epidemiológica regional Dr Guilherme Carvalho, o qual se reuniu individualmente com os médicos do município durante todo o período da manhã.

O assunto tratado em reunião com os doutores das unidades básicas de saúde foi a dengue. Dr Guilherme fez uma pequena atualização teórica, alertou para os sinais de gravidade da doença e comentou que a preocupação da Secretaria Estadual de Saúde é o aparecimento de casos graves.

Já passam de cem os casos confirmados da doença em Guaíra, sem notificação de nenhum caso grave ainda. As regiões mais afetadas são as do bairro Vivendas, Centro, Tônico Garcia e Bom Jesus.

No tratamento da dengue a principal meta dos médicos é manter o paciente hidratado, o que aliás é o único recurso contra o agravamento da doença. O que se pede aos doentes é que tomem no mínimo três litros de líquidos ao dia, em alguns casos mais, e que não façam uso de medicação sem orientação médica. Em caso de febre, dor de cabeça e dor no corpo o mais prudente é procurar a unidade de saúde do seu bairro.

Publicidade:
Anterior Paulo André indica caminho para profissionalizar a base
Próxima Marketing e comunicação não são “quebra galho”