Dicas para uma boa noite de sono no verão

Alguns pequenos detalhes podem ajudar muito a aliviar o calor e facilitar o sono, permitindo que a gente durma profundamente e evite a “moleza” e a falta de disposição do dia que segue uma noite cansativa. Parece bobagem? Pois saiba que não! A privação do sono pode provocar dores de cabeça agudas, queda no rendimento e até mesmo depressão.

dicas-para-dormir-bem-no-verão-500x333Alguns pequenos detalhes podem ajudar muito a aliviar o calor e facilitar o sono, permitindo que a gente durma profundamente e evite a “moleza” e a falta de disposição do dia que segue uma noite cansativa. Parece bobagem? Pois saiba que não! A privação do sono pode provocar dores de cabeça agudas, queda no rendimento e até mesmo depressão.

Dicas para garantir um sono mais agradável:

  • A refeição da noite precisa ser bem leve e corpo deve estar bem hidratado
  • Evite açúcares e cafeína horas antes de dormir, eles afetam muito o metabolismo e a qualidade do sono
  • Vá para a cama com roupas leves
  • Prefira os lençóis de algodão e linho aos sintéticos que esquentam mais e não absorvem tão bem o suor
  • Não deixe o quarto totalmente fechado, procure deixar pelo menos uma brecha na janela para fazer o ar circular
  • Ventilador pode permanecer ligado desde que não fique em cima do corpo (sim, aqueles de teto, apesar de tão práticos, não são recomendados)
  • O ar-condicionado deve estar com o filtro limpo e precisa ficar numa temperatura agradável, em torno de 24 graus. Como ele resseca o ar, pode ser utilizado com um umidificador elétrico ou um balde de água para garantir a umidade do ambiente
  • Prefira os travesseiros de látex, por serem mais frescos, superventilados e laváveis, além de possuir uma capa externa com zíper, o que garante que seja lavável

Dica valiosa: não brigue com sua transpiração, pelo menos não à noite, ao dormir. Os homens são homotérmicos, ou seja, mantém a temperatura interna do corpo em 36° C independente da temperatura do ambiente. No calor os vasos do corpo ficam mais dilatados (por isso ficamos mais vermelhos) e como o sangue passa mais sangue perto da pele, fica mais fácil a troca eliminar o calor do corpo equilíbrio. Transpirar é o principal mecanismo para o organismo perder calor, mas, vale observar também que o suor excessivo pode levar a desidratação e ser sintoma de infecções.

E aí, tem outras dicas? Compartilhe!

fonte: A Vida como a Vida Quer

Publicidade:
Anterior Nauê Oliveira, João Guilherme e Hiago Bonjorno vencem suas categorias na IV Etapa do Circuito Municipal
Próxima Como será o mundo daqui 150 anos?