Escola Mário Lano orientando e conscientizando

A EMEF Mário Lano desenvolve projetos em atividades de entretenimento, conscientização, orientação e resgate de cidadania. Na semana que antecedeu o Dia das Mães a diretoria da escola fez uma programação especial em alusão ao Dia.

atividade mario lano 3 (1)

A EMEF Mário Lano desenvolve projetos em atividades de entretenimento, conscientização, orientação e resgate de cidadania. Na semana que antecedeu o Dia das Mães a diretoria da escola fez uma programação especial em alusão ao Dia.

Várias atividades foram desenvolvidas como: palestras sobre violência doméstica, drogas, doenças sexualmente transmissíveis, apresentações de musicais por Luís Celso, Sr. Tonico e Raíssa (todos membros da comunidade escolar),  além de dança do ventre com a professora Mayara e algumas de suas alunas, atividades físicas com a professora de educação física Marlene Abreu, homenagem de todos os alunos às mamães e também uma missa celebrada na escola.

O vice prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico, Denir Ferreira dos Santos e sua esposa Mariangela, a professora Edir – representando a equipe de Núcleo de Apoio Pedagógico – a vice-diretora da Escola da Família  da Escola Enoch Garcia Leal Edna Mascarenhas, a presidente do Conselho Tutelar Lauriane Villas Boas, a assistente social Cristina e enfermeira, Ieda participaram e prestigiaram o evento

Auditórios

Através de um projeto elaborado pela diretora da escola, Kênia Aparecida Silva Alexandre a unidade escolar implantou a realização de auditórios mensais nos períodos da manhã e da tarde, trabalhando as datas comemorativas em sala de aula e culminando com apresentações para todos os professores, alunos e funcionários. Já foram trabalhados os temas: Páscoa e Dia do Índio.

Conscientiza dengue

Conscientizando os alunos e trabalhando a cidadania, a equipe da EMEF Mário Lano vem desenvolvendo inúmeras atividades para que a dengue seja prevenida e exterminada do nosso município.
Os alunos participaram de passeatas realizadas no bairro da escola,  nos períodos da manhã e da tarde; quando através de cartazes, faixas, gritos de guerra e muito barulho, a comunidade pode ser alertada sobre o perigo do mosquito Aedes aegypti em nosso meio.

FONTE: Depto. de Comunicação da Prefeitura do Município de Guaíra-SP

Publicidade:
Anterior Diocese de Barretos comemora 40 anos de criação com Visita Pastoral do Núncio Apostólico
Próxima Desfile atrai milhares e compete com novela