APAS projeta crescimento de 5% nas vendas dos itens de festa junina
São Paulo, 7 de junho de 2013 – A Associação Paulista de Supermercados (APAS) projeta que as vendas de produtos típicos de festa junina cresçam 5% entre junho e julho (a variação dessa alta ocorre de item para item). Produtos como amendoim, pipoca, canjica, milho, quentão, vinho quente e pinhão deverão crescer de 10% a 15%.
O efeito sazonal causado pelas festas juninas e o maior fluxo de consumidores nas lojas contribuem para o bom desempenho do setor, impulsionando, também, a comercialização de outros produtos, como carnes, queijos e bebidas em geral.
Para a indústria de alimentos típicos de festas juninas, as vendas de junho e julho representam uma parcela significativa na comercialização anual dos produtos. Por isso, investem em decoração e exposição nos supermercados para atraírem os consumidores. “Este período é uma boa oportunidade para o lançamento de produtos, ações promocionais e degustações, o que alavanca as vendas”, diz Rodrigo Mariano, gerente de Economia e Pesquisa da APAS.
Os consumidores não serão surpreendidos com a alta dos valores em virtude dos preços mais competitivos, pois as empresas os negociam de maneira intensiva junto à indústria.
Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade conta com 1.200 associados, que somam 2.700 lojas.