Escola Francisco Gomes realiza projeto de incentivo a leitura

O projeto será realizado em todo ano letivo de 2014 terminando em novembro com uma grande apresentação de todos os alunos participantes

sarau francisco4
O projeto será realizado em todo ano letivo de 2014 terminando em novembro com uma grande apresentação de todos os alunos participantes (veja galeria de fotos completa no fim da matéria)

A Escola Municipal Francisco Gomes de Souza está realizando o Projeto Sarau na Escola coordenado pela professora Alessandra de Oliveira Tavares. Uma importante iniciativa idealizada juntamente com todos os professores do corpo docente da Escola Francisco Gomes.

O projeto ‘Sarau na Escola’ tem por objetivo auxiliar o trabalho dos professores em sala de aula de maneira lúdica e prazerosa, no sentido de despertá-los para novas técnicas em relação ao processo de desenvolvimento cognitivo do educando, levando – os a uma prática produtiva para a vida cotidiana, provocando produção de conhecimento e conceitos consolidados como conhecimento novo.

Fomentando assim o gosto pela leitura desde o início das etapas de escolaridade, onde o professor seja mediador entre a criança e o livro, fazendo com que a leitura tenha sentido, e esteja contextualizada, interpretando-o e atribuindo-lhe algum significado.

O projeto começou no inicio do ano letivo de 2014 e irá até novembro deste ano, quando uma grande apresentação será realizada com todos os trabalhos apresentados por cada ano. Participam os alunos de todos os anos, do 1º ao 5º ano ensino fundamental.

Um grande desafio a ser superado pela iniciativa é que muitas crianças não se interessam pela leitura, pois não recebem estímulos, se não ocorrer com os pais estimulando fora da escola, é dever do professor suprir essa deficiência dentro da escola, tentando despertar nos alunos esse gosto pelas letras.

Portanto, torna-se importante a criação de situações para que o exercício da leitura e escrita produzam reações, interação e conhecimento, não servindo apenas como uma atividade meramente de cópia ou de decodificação dos sinais gráficos, alienando os alunos do contexto em que estão inseridos. Todo o corpo docente está engajado com o projeto.

Publicidade:
Anterior Procon oferta orientação para comerciantes e consumidores
Próxima [Opinião] Musica eletrônica X Sertanejo Universitário - por Marcos Motta