Homem morto a tiros na manhã do último domingo já recebia ameaças de morte há algum tempo

O fim da manhã de domingo (4) em Guaíra foi marcado por mais um homicídio. A vítima foi o motorista Wilson da Silva, de 54 anos, vulgo “Wilsol Bracinho” que foi morto com um tiro na cabeça
assassinato em guaira
foto: Jornal O Guaíra

O fim da manhã de domingo (4) em Guaíra foi marcado por mais um homicídio. A vítima foi o motorista Wilson da Silva, de 54 anos, vulgo “Wilsol Bracinho” que foi morto com um tiro na cabeça na Praça do Jardim Paulista, que fica no cruzamento das Avenidas 35 e  José Flores, na altura do número 551, no Bairro Jardim Paulista, em frente ao Bar do Elias.

Os polícias chegaram ao local após uma denúncia anônima. A praça se encontrava muito movimentada na hora do crime, pois como de costume nas proximidades do local há uma feira livre, tradicional aos domingos na cidade.

Segundo informações da Polícia Militar o crime ocorreu por volta das 10h40. O homem estava sentando em frente a um bar quando foi baleado pelas costas com um disparo na nuca.

O perito do I.C de Barretos foi acionado para averiguar o local que foi preservado pelos militares. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima apresentava lesão no crânio, na parte anterior (nuca) com saída frontal.

A polícia ainda não tem pistas do autor do disparo. As pessoas que estavam no local não quiseram comentar sobre o caso.

Tudo indica que o motivo do crime tenha sido vingança, já que o indivíduo recebia ameaças de morte a algum tempo.

O próprio filho da vítima, em depoimento a polícia, confirmou que o pai passava apenas os finais de semana com a família em Guaíra, pois a vítima já tinha sido presa por praticar homicídios na cidade e havia se mudado para a cidade de Ribeirão Preto por causa das frequentes ameaças recebidas.

Muito conhecido no meio policial da cidade, o homem já teria cometido alguns homicídios em Guaíra, inclusive contra um policial, a alguns anos atrás.

A Polícia irá investigar o caso.

Publicidade:
Anterior North Shopping Barretos recebe Concerto da Orquestra Sinfônica Municipal em homenagem as Mães
Próxima [Opinião] Alô do líder - por Lígia Timão