[Opinião] Reação Corinthiana – por Lígia Timão

Pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebeu o Cruzeiro, líder do campeonato, jogo no estádio do Canindé, em São Paulo

Lígia Timão

Pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebeu o Cruzeiro, líder do campeonato, jogo no estádio do Canindé, em São Paulo. Para o confronto contra a raposa, o Timão foi assim escalado pelo técnico Mano Menezes: Walter; Fágner, Gil, Cléber, Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros, Jádson; Romarinho e Paolo Guerrero. Esquema tático 4-4-2. O time para o duelo contra o Cruzeiro foi o mesmo da partida contra o Sport. A única mudança foi Cássio que se lesionou no jogo passado. Walter foi o titular.

O primeiro tempo começou com o Corinthians na intermediária, não muito agressivo. O Cruzeiro atacava, mas esbarrava em Walter que fazia brilhantes defesas. O Timão buscava o gol, mas sempre ficava em impedimento. Os jogadores alvinegros estavam muito adiantados, o que caracterizava os constantes impedimentos. Com supremacia no jogo, o Corinthians pecava na defesa, mas Walter salvava o time corintiano.

Na volta do intervalo, o Timão voltou mais agressivo. O gol alvinegro veio logo aos 22 minutos da segunda etapa. O atacante peruano Paolo Guerrero chutou rasteiro de fora da área, a bola enganou o goleiro cruzeirense Fábio que levou um frango. Após o gol, o Corinthians continuou pressionando, criando chances, não recuou e mandou no jogo. O Cruzeiro teve poucas chances, mas importantes, consagrando o goleiro alvinegro Walter que brilhou mais uma vez.

Com a vitória, o Timão sobe na tabela, soma 15 pontos e é o terceiro colocado do campeonato. O próximo compromisso do Corinthians será diante do Botafogo, jogo no domingo (01), às 16h00, jogo na Arena Corinthians.

Publicidade:
Anterior Consumidores apostam cada vez mais em cartões de débito e crédito
Próxima Cavaleiro das Américas chega ao Brasil nesta terça-feira