Guaíra já superou metas da vacina da gripe

Apesar do governo federal e estadual prorrogarem a campanha de vacinação contra as gripe até o dia 6 de junho (sexta feira), Guaíra já havia praticamente superado as metas de vacinação na semana passada

vacina crumpe meta (1)

Apesar do governo federal e estadual prorrogarem a campanha de vacinação contra as gripe até o dia 6 de junho (sexta feira), Guaíra já havia praticamente superado as metas de vacinação na semana passada. Dados da Vigilância Epidemiológica local confirmam que a imunização contra Influenza local bateu a meta geral em 5%, com uma cobertura vacinal, em média no público alvo, com um percentual apurado de 85,18%.

Há casos em que até o público total estimado pelo Ministério da Saúde foi batido. Como ocorreu com as puérperas (mulheres que deram a luz nos últimos 45 dias) com uma população estimada pelo ministério em 60 indivíduos, que no entanto já registrou 65 doses aplicadas, perfazendo 106,56% de cobertura vacinal.

A preocupação e o empenho da Secretaria de Saúde agora é com o grupo das gestantes que atingiu apenas 64,52%, com a imunização de 240 grávidas, o total estimado pelo ministério é de 372.

“Conseguimos este resultado superando a meta antes de terminar o prazo prorrogado pelo ministério devido ao empenho dos nossos profissionais que estão trabalhando na, e por outro, lado mostrando que a Diretoria de Comunicação fez uma boa campanha de divulgação. O prazo foi prorrogado até sexta feira, dia 6, e nós praticamente cumprimos a meta na semana passada”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Wilker Gléria.

A vacina continua disponível em todos as USFs (Unidades de Saúde da Família), até sexta-feira das 8h às 17h. 

Confira o placar da vacina contra gripe em Guaíra

Crianças1. 833 doses85,06%

Trabalhadores da Saúde688 doses83,90%
Gestantes240 doses64,52%
Puérperas65 doses106,56%
Idosos4.004 doses86,85%
Total Geral6.830 doses85.18%

Publicidade:
Anterior Giba do vôlei participa do Mercado do Bem do IORM neste domingo
Próxima Incêndio no aterro da balança pode ser criminoso