Tragédia provoca morte de idoso nas Casas dos Aposentados


No começo da manhã de segunda-feira, dia 17, um incêndio no bairro Etelvina Santana da Silva, mais especificamente em uma das Casas dos Aposentados tirou a vida de um idoso atendido pelo programa. No incêndio ocorrido na avenida 35 nº 2.330 veio a falecer o senhor Joaquim Martins Borges, de 74 anos.

Conforme informações da companheira, Dona Natalina Ribeiro do Prado, 72 anos, a fatalidade pode ter sido provocada por um cigarro que incendiou o sofá onde a vitima estava deitada.

Joaquim e Natalina residiam na Casa dos Aposentados desde abril de 2011. Há um tempo ambos sofreram AVC – Acidente Vascular Cerebral – no entanto somente ele tinha severas limitações nos movimentos. Ela se movimentava, mas cincendio casa aposentados (1)om dificuldade.

O relato da companheira é que por volta das 7h, ele teria a chamado e, ela que estava no quarto se dirigiu para a sala, onde Joaquim ficava no sofá. Então percebeu que o estofado estava em chamas e começou a clamar por socorro, quando chegaram vizinhos e funcionárias do CCI – Centro de Convivência dos Idosos – que fica próximo à casa, as servidoras conseguiram debelar o fogo. O idoso foi socorrido pelo Samu, no entanto com cerca de 90% do corpo atingido não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Por ser o casal portador de dificuldades de movimentos um cuidador que ficava na casa durante o dia e há noite eles contavas com apoio do vigilante do CCI, que fica no prédio das 18h às 6h, quando a primeira turma de funcionárias do centro começa a trabalhar e são orientados a sempre prestar assistência aos idosos.

Conforme a Coordenadoria de Assistência Social a família de Joaquim que reside em Miguelópolis e Minas Gerais era presente, sempre o visitava e a de Natalina também, quando ambos sofreram AVC teriam demonstrado interesse de internar ele no asilo, no entanto o casal preferia ficar na própria casa, assim houve a aceitação dos familiares.

Desde a tragédia a Prefeitura está prestando toda assistência possível a viúva e aos familiares. A Polícia Civil fez a perícia técnica e deve instaurar inquérito para estabelecer com segurança qual a causa do incendido que atingiu apenas a sala do imóvel.

O prefeito, Sérgio de Mello enviou para a família a nota oficial de condolência e colocou a Prefeitura a disposição para o que for preciso, lamentando muito pela tragédia que ceifou a vida de um dos idosos atendidos pelo programa Casa dos Aposentados e CCI.

fonte: Departamento de Comunicação da Prefeitura de Guaíra

Publicidade:
Anterior [humor] PEDIDO - Porta dos Fundos
Próxima Começa hoje a Semana da Consciência Negra