IORM – Guairenses aplaudem sua história nos passos de Querença da Usina da Dança

Uma longa trajetória começa com um passo. Com um passo de dança. A estreia do espetáculo Querença aconteceu na noite de 28 de novembro, com uma plateia repleta de pessoas, que compareceram ao Grêmio Recreativo Poliesportivo Colorado

INSTITUTO OSWALDO RIBEIRO DE MENDONÇA

Confira galeria de fotos no final da matéria

Uma longa trajetória começa com um passo. Com um passo de dança. A estreia do espetáculo Querença aconteceu na noite de 28 de novembro, com uma plateia repleta de pessoas, que compareceram ao Grêmio Recreativo Poliesportivo Colorado.

No dia 4 de dezembro, a apresentação aconteceu no Terminal Rodoviário José Maria Marques Bom, um local, inicialmente improvável para receber um espetáculo de dança. E o resultado, foi uma grande acolhida das pessoas que foram até lá conferir a arte da Usina da Dança.

E esta caminhada está só no começo. Até maio de 2015, o conjunto de apresentações que dá nome ao espetáculo se estenderá por áreas centrais e periféricas das cidades, numa ampla ocupação espacial. Os alunos dançarão também próximo às suas casas, na rua, sem ingresso, em um encontro da arte com o asfalto. Uma verdadeira intervenção urbana, tratando de questões importantes como a sustentabilidade, a ecologia, a segregação, o preconceito, a organização do trabalho. Veja o quadro com as datas, horários e locais das próximas apresentações de Querença

No espetáculo, os espectadores têm a oportunidade de aplaudir a sua própria história. As coreografias são apresentadas por alunos dos projetos Usina da Dança e pela Escola de Artes e Ofícios Josi Ribeiro de Mendonça. Juntamente com atores profissionais os bailarinos representaram cenas cotidianas que lembram a história de Guaíra, histórias de trabalho e de organização da cidade e sua apropriação pelos moradores.

A referência para essa reconstituição foram as obras dos autores Marcelo Borba Freitas, Geraldo Napolitano e Ovídio Nascimento. As coreografias trazem vários gêneros para contar sobre a presença dos imigrantes na formação da cidade, da colheita dos produtos agrícolas, o cortejo e o namoro na praça e tantas outras que pertencem particularmente à Guaíra, e num sentido mais amplo a tantas outras cidades.

Em Guaíra, o Espetáculo Querença é uma realização do Ministério da Cultura, Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça, Prefeitura Municipal de Guaíra, Ponto de Cultura, Consórcio Intermunicipal de Cultura Culturando, Mais Cultura e Cultura Viva, sob patrocínio do Grupo Colorado, Usina Colorado, Central Energética Morrinhos, Colorado John Deere, Auto Posto São José, Auto Posto Santa Rita, Colorado Sementes Selecionadas, Colaboradores do Grupo Colorado, CMDCA Guaíra, Transmob Transportes, Rodotac Transportes e Aguetoni Transportes.

Mas o que é Querença

Querença na linguagem popular quer dizer querer bem.

Confira as próximas apresentações nos vários locais da cidade

Novas apresentações do espetáculo Querença serão desenvolvidas pontualmente, até o mês de maio de 2015, em locais que fazem parte da história da cidade, pela sua importância para a vida da comunidade:

11 de Dezembro de 2014
Horário: 19 horas
Local: Casarão – Esquina da rua 8 com a avenida 3

27 de Fevereiro de 2015
Horário: 18 horas
Local: Praça da Matriz de São Sebastião

12 de Março de 2015
Horário: 17h30
Local: Secretaria Municipal de Educação

Março de 2015
Local – Escolas
Escola Municipal de Ensino Fundamental Francisco Gomes de Souza
Escola Estadual Enoch Garcia Leal
Escola Estadual Professora Dalva Léllis Garcia Prado

9 de Abril de 2015
Horário: 18 horas
Local: Parque Maracá

14 de Maio de 2015
Horário: 19 horas
Local: Centro Cultural e Poliesportivo Colorado

Querença e as intervenções urbanas
O processo de apresentação nas ruas recriado pela Usina da Dança é chamado de Intervenção Urbana, uma tendência, marcante da arte contemporânea, é geradora de uma multiplicidade de experimentações artísticas pesquisas e propostas conceituais baseadas em questões ligadas às linguagens artísticas, ao circuito da arte ou ao contexto sociopolítico.
“O objetivo das intervenções urbanas é propor a reflexão sobre o cotidiano, mudando o ritmo e percepção das pessoas sobre a cidade em que vivem”, afirma a coordenadora artística da Usina da Dança, Valéria Pazeto.

Veja as fotos. Clique na miniatura para ampliar: 

Publicidade:
Anterior Assista a gravação da Sessão da Câmara Municipal de Guaíra realizada em 09/12/2014
Próxima PAT de Guaíra divulga vagas de emprego