Falsificação é crime e ação combaterá prática durante a Festa do Peão de Guaíra

Falsificação é crime e ação combaterá prática durante a Festa do Peão de Guaíra

Matéria divulgada por uma emissora de rádio  de Guaíra na manhã da última quinta-feira, 27, faz uma alerta quanto a falsificação de carteirinha de estudantes visando ter benefícios no pagamento de ½ entrada em eventos, como a 22ª Festa do Peão de Guaíra.

De acordo com a matéria divulgada, a Policia Civil alerta as pessoas que souberem ou tenham informações concretas de que alguém vem vendendo carteira estudantil falsa para ligarem ao disque denúncia 181 ou através do telefone 197 direto na Delegacia Sede de Policia do município.


O delegado do 1º DP e da DDM, Dr. Rafael Faria Domingos faz um alerta: “ Pessoas que forem pegas fazendo uso indevido desse tipo de documento, dependendo do caso, poderá responder processo crime por falsidade ideológica e falsificação de documento, cujos crimes as penas são altas e até mesmo as pessoas que adquirirem essas carteirinhas que não refletem a realidade, pois uma pessoa que não é estudante e se passa por tal para obter algum desconto em evento por exemplo, essa pessoa também poderá responder por crime de falsidade”, disse o Delegado.

A Comissão Organizadora da 22ª Festa do Peão, com objetivo de preservar o direito dos verdadeiros estudantes que possuem direito ao benefício de pagamento de ½ entrada no evento, está tomando medidas para evitar a utilização de carteiras falsificadas na compra do convite.

Para ter direito a ½ entrada, o estudante deverá apresentar a carteirinha de estudante, além do comprovante de matrícula no estabelecimento de ensino ou em caso de faculdade ou escola particular, o comprovante do pagamento da última mensalidade. Além disto, o estudante só tem direito ao benefício na compra do ingresso individual, na portaria do evento.