COMO RECUPERAR O DINHEIRO DAS COMPRAS ONLINE

Serviços como MyCashback permitem ao consumidor receber parte do que gastou comprando na internet diretamente na sua conta bancária

São Paulo, 1 de junho de 2018 – Programas de fidelidade, pontos no cartão, milhagem e até mesmo o resgate da Nota Fiscal Paulista já são de conhecimento público, mas e se houvesse uma maneira ainda mais efetiva de resgatar o dinheiro das compras?

Pois é, há. Comum no Oriente, Europa e diversos países da América do Sul serviços de resgate de crédito como o MyCashBack são vistos como uma tendência mundial no universo do consumo que vem se desenvolvendo de forma cada vez mais consciente.

Tomer Gooterman, CEO da empresa que acaba de ser lançada no Brasil, estima que os consumidores economizariam R$ 3,4 bilhões anualmente, no país, considerando a projeção de gastos de R$ 69 bilhões feita para este ano.

“Nosso objetivo é estimular os brasileiros a usar o serviço, não só porque é nosso negócio, mas porque de fato eles podem ter cerca de 10% de tudo que gastam de volta e o resgate começa a partir de um valor bem ok, R$50,00”, diz Gooterman.

Interessou?

Veja os três passos para recuperar seu rico dinheirinho:

– Faça login no MyCashback e navegue por vários produtos, lojas e marcas.

– Pesquise sua loja de preferência a partir do site Mycashback.

– Vá juntando compras. O resgate começa a partir de R$50,00.

“Temos certeza que o MyCashback vai pegar no Brasil também, afinal, quem gosta de comprar, gosta de ter dinheiro no banco”, conclui Gooterman.

Sobre o MyCashBack

MyCashback é uma plataforma internacional, disponível em países da Europa, Oriente Médio e América do Sul, que já distribuiu milhões em cashback de compras. O site promove mais de 300 outros sites de comércio eletrônico em todo o mundo e dá ao cliente uma nova oportunidade de economizar, porque ele terá uma porcentagem do preço pago de volta para sua conta, além de participar de promoções e descontos. Comprar no MyCashback é uma maneira nova e fácil de economizar dinheiro.

Publicidade:
Anterior CRIANÇA SEGURA: COMO DAR BANHO EM SEGURANÇA EM BEBÊS?
Próxima COMO EVITAR ACIDENTES COM CRIANÇAS NAS FESTAS JUNINAS