A Prefeitura Municipal, por meio do Departamento de Fiscalização de Posturas, iniciou uma importante campanha para garantir a acomodação correta do lixo doméstico em frente aos imóveis do município.

De acordo com o chefe do departamento, Edvaldo Martins Faria, dezenas de imóveis não possuem os suportes ou cestos metálicos para lixo em frente suas residências e deixam os sacos e “sacolinhas” diretamente no chão das calçadas. O principal problema e causa de diversas reclamações que chegam ao setor é o fato dos cães que perambulam pelas vias públicas rasgarem estes invólucros a procura de comida acabaçando, assim, por espalhar todo o lixo que está ali acomodado.

Outro problema citado é com relação ao período das chuvas, quando estes sacos e sacolas, com a enxurrada, acabam sendo arrastados e por conseqüência, entopem as chamadas “bocas de lobo” e valas de escoamento de águas pluviais, causando alagamentos e prejudicando os moradores que moram nas proximidades destes locais.

No intuito de resolver o problema, a administração municipal está encaminhando uma notificação orientadora a todos os proprietários de imóveis sem as “cestas para lixo”, solicitando para que os mesmos procedam com a instalação dos dispositivos.

A orientação é para que o equipamento seja instalado na faixa de serviço próximo a guia, para não dificultar a circulação de pedestres e cadeirantes, com altura não inferior a 1,20 m. e vazada para não acumular água, o que poderia contribuir para o surgimento de criadouros do mosquito da dengue.

“Guairense, a cidade é de todos nós. Vamos zelar e mantê-la sempre bela, limpa e organizada. Vamos trabalhar juntos por uma cidade cada vez melhor. Precisamos da sua ajuda para evitar que o lixo se espalhe em nossas calçadas”, comentou Edvaldo Faria.

O Departamento de Fiscalização de Posturas está solicitando que os dispositivos sejam instalados no prazo de 90 dias.