A 23º edição do ECAL – Encontro de Arte Livre terminou no último domingo(21) com o Show da Banda Ira! No palco, a banda trouxe o melhor do Rock brasileiro. O público conferiu o repertório de um dos grupos mais importantes da geração oitentista do rock nacional.

Em dez dias de evento o ECAL 2019 realizou mais de 40 atrações culturais gratuitas á população.  O ECAL levou ao público apresentações de cinema, peças teatrais com artistas renomados como o Cacá Carvalho, dança, exposições de artesanato, show Gospel com Davi Sacer, recitais dos mais diversos instrumentos musicais, além de espetáculo de canto.

Grandes atrações e pratas da casa

A Banda Guairense Medida Provisória empolgou o público com o repertório do rock nacional da década 80, como também abriu espaço ao  sambista Diego Cesar que  em primeira foi a vez apresentou-se em um grande palco acompanhado com a sua banda.  A Banda Regional Tributo a Legião Urbana que interpretou as canções do grupo desde sua formação.

Para o chefe do Departamento de Cultura , Sidnei Ferreira, a 23º edição do ECAL ofereceu mais do que entretenimento puro e simples, “foram atrações que de alguma forma incentivaram a diversidade cultural e possibilitaram contato com diferentes formas de expressão, diálogo, e sobretudo, o acesso à cultura – direito de todos e instrumento de acesso à cidadania plena”, ressaltou Ferreira.

O Prefeito José Eduardo, o ECAL é um dos eventos mais democrático, que ensina e multiplica por gerações o valor da cultura, “Foram dez dias de cultura, extremamente positiva. Promovemos o resgate do ECAL, aprimoramos este projeto e hoje conseguimos parcerias importantes e que se envolveram juntamente conosco nesse trabalho como:  Grupo Tereos, PROAC, APPA, Moenda Cultural  e pela primeira vez a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado São Paulo. Dando destaque para as mais variadas formas de expressões artísticas de Guaíra, regional e nacional”, salientou.

O ECAL foi promovido pela Prefeitura, por meio do Departamento de Cultura  em parceria com a Oscip Moenda Cultural e Governo do Estado de São Paulo, via Proac – Programa de Ação Cultural .