Considerada uma das mais antigas e simples formas de terapia em todo mundo, a massagem já é conhecida e utilizada pelos orientais há mais de 5 mil anos. Hoje prescrita por psiquiatras e psicólogos, ela é usada no tratamento de doenças como depressão, estresse e insônia, sendo também procurada para reabilitação e melhoria postural.

Reconhecido pelo constante crescimento, com ou sem crise econômica, o mercado de massagens e terapias holísticas já atinge em torno de 20% da população mundial, com destaque para os países orientais, onde fazem parte da cultura.

O Brasil também tem se mostrado bastante receptivos às novidades desde segmento de serviços de saúde e bem-estar, mesmo em tempos de desaceleração da economia.

Levantamento do Sebrae revela que o país já conta com cerca de meio milhão de salões de beleza e clínicas de estética, configurando-se em um recorde no número de estabelecimentos. Estima-se uma alta de 10% no faturamento até o final de 2019, ultrapassando R$ 107 bilhões.

Essa cifra pode ser traduzida pelo próprio comportamento do brasileiro, que mesmo em um cenário de crise, como o atual. Estudo do SPC Brasil, por exemplo, mostra que ele opta por cortar atividades de lazer em vez de gastos com sua imagem e bem-estar, comportamento que favorece a indústria da beleza.

Um segmento que desponta dentro da estética e do bem-estar, devido à busca por qualidade de vida, é o da massoterapia. Na Europa ocidental e nos Estados Unidos, a massagem é uma forma de tratamento conceituado e divulgado.

No Brasil, está ganhando terreno sendo um tratamento cada vez mais respeitado, tanto que às empresas multinacionais contratam massagistas para atender os funcionários e proporcionar a eles bem-estar, o que acaba impactando em sua produtividade e na diminuição de dias parado, por motivo de saúde.

Uma das terapias mais solicitadas em centros de estética e spas, a massagem oferece reconhecidos benefícios à saúde, como antienvelhecimento, hidratante, restaurador, antiestresse, além de ação relaxante para restaurar a harmonia física, mental e espiritual da pessoa.

São diversas as técnicas existentes, cada uma com objetivos e métodos distintos. Além das técnicas tradicionais, também é possível encontrar algumas massagens exóticas ao redor do mundo.

Tipos de massagem tradicionais

Antiestresse

Com deslizamento e amassamento, essa massagem estimula a liberação da ocitocina e outros hormônios de antiestresse. Leve, ajuda a evitar dores no corpo.

Ayurvédica ou Ayurveda

Oriunda da medicina ancestral de cura, que existe há mais de 7 mil anos, é um dos tipos de massagem indiana. Abre os canais energéticos e bloqueados, usando muitos alongamentos para aliviar dores e tensões.

Reflexologia

Faz pressões nas mãos ou nos pés e equilibra a energia do corpo. Cada ponto do seu pé tem um órgão correspondente.

Drenagem linfática

Feita a partir de movimentos mais suaves na pele, ajuda na circulação do sangue e elimina líquidos retidos no organismo.

Tailandesa

Derivada dos alongamentos da yoga, é mais energética do que física e utiliza as manobras corporais com pressão, dando flexibilidade a músculos e articulações.

Pedras quentes

Usa pedras quentes e óleos essenciais relaxando as suas tensões musculares. Essa massagem equilibra o seu sistema nervoso central e ainda eliminar o seu estresse e cansaço.

Shiatsu

Combina a pressão dos polegares, palmas das mãos e cotovelos em canais que fluem a energia.

Reiki

Alivia dores, com imposição de mãos e transmissão de energia em lugares específicos do corpo, que melhora os aspectos físicos, emocionais e espirituais.