SE PREPARANDO PARA O VERÃO? DERMATOLOGISTA LISTA DICAS PARA MANTER AS CELULITES BEM LONGE DO BUMBUM

Tratamentos para casos graves de celulite variam de R$500 a R$1500, segundo o especialista. Cremes de massagem, drenagem e cuidados com a saúde são fundamentais.

A primavera se aproxima e com ela os cuidados ao corpo se intensificam. Está se aproximando da estação mais quente do ano, e também do momento onde o biquíni sai do armário e vira look para tardes de piscina ou praia. Pensando no cuidado com a aparência e boa forma, o dermatologista Gustavo Saczk preparou dicas para evitar o que muitas mulheres consideram uma grande vilã: as celulites.

“Todo mundo em algum momento da vida vai sofrer com as famosas celulites. Elas são causadas por um processo de aumento de gordura localizada em alguns pontos do corpo, principalmente pela dieta errada, falta de exercícios físicos e redução do metabolismo que pode ocorrer com a idade”, ressalta o médico, que ainda explica: “Existem graus diferentes de celulite. O mais comum é leve e pode ser tratado com a mudança desses hábitos, além de massagens locais e uso de cremes com penetração transdérmica que aumentam o metabolismo local.”

Quando os casos de celulite são mais graves ou intenso, Dr. Gustavo recomenda: “Já nos casos mais graves, onde a pessoa pode apresentar pontos mais profundos de aderência e que são resistentes ao tratamento inicial, podem necessitar de um procedimento chamado subcisão. Com uso de anestesia local e uma agulha específica essas aderências são soltas e melhoram o aspecto da pele.”

O médico dá mais detalhes sobre os tratamentos: “Os cremes devem ser usados diariamente por, pelo menos, dois meses para se notar melhora da celulite. Eles podem ser manipulados ou comprados em farmácia e a maioria tem o café em sua composição. Já a subcisão deve ser acompanhada de sessões de drenagem após o procedimento para ter um resultado garantido. Na maioria das vezes as lesões não retornam se a paciente seguir as orientações do dermatologista. E o valor varia de acordo com o número de lesões que a pessoa apresenta, podendo variar entre R$ 500 e R$ 1500, lembrando que essa estimativa pode mudar com a escolha do profissional que escolhido.”

Por fim, Gustavo lembra: “Para as celulites não voltarem a te incomodar, os hábitos de dieta saudável e exercícios físicos regulares devem permanecer!”

Anterior SETEMBRO AMARELO: MEDITAÇÃO PODE SER ALIADA NO TRATAMENTO DE DOENÇAS MENTAIS
Próxima MASSAGENS CAEM NO GOSTO POPULAR E VIRAM OPÇÃO CONTRA DORES, ESTRESSE E ENVELHECIMENTO