Aprender a dar a volta por cima e superar as adversidades é importante para o desenvolvimento infantil. A essa habilidade dá-se o nome de resiliência, responsável por boa parte do crescimento emocional saudável das crianças. Mas como ensinar essa competência aos pequenos?

Resiliência não é uma aptidão nata do ser humano, nem mesmo uma carga genética passada de mãe para filho, mas as crianças devem exercitá-la o mais cedo possível e esse ensinamento deve ser repassado pela escola em parceria com a família.

“Devemos ensinar e estimular as crianças para que elas tenham condições de superar experiências de frustração, sofrimento ou até mesmo situações de ansiedade e insegurança, sendo capazes de sair de qualquer situação mais fortes”, explica a coordenadora da Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais do Colégio Marista Ribeirão Preto (SP), Marina Mazetti Stucchi Silva.

E para auxiliar os pais, a coordenadora dá algumas dicas sobre como ensinar resiliência às crianças:

–  Construa um espaço em que a criança se sinta valorizada e reconhecida pelo seu esforço e dedicação.

– Aposte nos exemplos. Apresente histórias de personagens reais ou fictícios que superaram dificuldades em seu caminho.

– Não satisfaça todas as vontades. Mesmo que cuidem do bem-estar da criança, os pais precisam encorajar e acompanhar as crianças nas resoluções dos problemas cotidianos para aumentar sua autoconfiança.

– Não superproteja seu filh. Proteja dos perigos, mas permita que seu filho erre e comece de novo. Invista em diálogos construtivos com as crianças.

– Não dê respostas prontas. Em vez de explicar direto todos os “porquês”, instigue seu filho a pesquisar e demonstrar que ele é capaz de descobrir as próprias soluções.

– Estimule a perseverança. Aprender esportes ou um instrumento musical, por exemplo, mostra que só se evolui com prática, dedicação, disciplina e superação dos próprios limites.

– Anime as crianças a estabelecer metas: uma nota mais alta na escola, um quarto mais arrumado, mais livros lidos por ano, fazer parte do time da escola, e assim por diante.

– Estimule a empatia e a positividade. Se colocar no lugar do outro e ver o lado bom das situações ajuda a enfrentar adversidades.

Sobre a Rede Marista de Colégios

O Colégio Marista Ribeirão Preto integra a Rede Marista de Colégios (RMC), presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.