Reabertura dos shoppings: saiba quais são as principais recomendações de saúde e segurança

APSA preparou lista de medidas a serem adotadas pelos gestores deste tipo de estabelecimento comercial para esse momento de funcionamento ainda em meio à pandemia de coronavírus
Cartilha da APSA serve como um guia para ajudar os empreendimentos a criarem suas próprias estratégias para a volta ao funcionamento, implementando medidas de prevenção que protejam funcionários, fornecedores e clientes.
A APSA, maior gestora de propriedades do Brasil, elaborou um manual com recomendações de cuidados e medidas que devem ser adotados pelas administradoras para uma reabertura segura dos shopping centers neste período de flexibilização das recomendações de distanciamento social por conta da pandemia de coronavírus .

O material serve como um guia para ajudar os empreendimentos a criarem suas próprias estratégias para a volta ao funcionamento, implementando medidas de prevenção que protejam funcionários, fornecedores e clientes.

ALGUMAS RECOMENDAÇÕES:

– Identificar e organizar uma triagem nos pontos de entrada dos condôminos, lojistas, clientes e fornecedores. Certificar de que essas pessoas sejam examinadas na entrada, para detecção de febre ou qualquer sintoma relacionado à Covid-19. Utilizar o Termômetro Digital Infravermelho de testa para aferir a temperatura;

– Reconfigurar as áreas comuns de convivência para permitir o distanciamento social, removendo ou afastando cadeiras. Reforçar a aplicação das medidas de distanciamento social através de sinais, cartazes e marcações no chão. Estabelecer o número máximo de pessoas nos elevadores, revisar o seu uso e garanta que o distanciamento social seja possível nas filas de espera, estimulando o uso de escadas, quando possível. Colocar dispensadores ou tótens com álcool gel 70% no início e no final das escadas, em diversos pontos nos andares, bem como em áreas como saguões, recepção, salas de administração, áreas de elevadores, salas de reuniões, entre outros espaços comuns;

– Colocar sinal indicativo de número máximo de pessoas permitido em determinado espaço, e manter distanciamento físico mínimo seguro entre cada cliente e/ou funcionários em filas de estacionamento, bancos, lotéricas e caixas eletrônicos;

– Se as áreas de convivência tiverem bebedouros, desative-os temporariamente ou ofereça copos descartáveis;

– Elaborar campanhas de comunicação que transmitam segurança de forma efetiva e eficaz para os lojistas e consumidores;

– Manter uma comunicação clara e eficiente com seus funcionários, lojistas e clientes, informando as medidas que devem ser adotadas e dados como mudanças de horário que podem ocorrer nesse período;

– Divulgar uma circular entre lojistas com orientações para que implementem distanciamento social dentro dos estabelecimentos áreas comuns;

– Aplicar comunicados com medidas de prevenção à Covid 19 em elevadores de carga e sociais;

– Garantir uma distância mínima segura entre os usuários nas praças de alimentação.

Sanitários:

– Manter controle de quantidade de pessoas, respeitando as regras de saúde;

– Manter as portas dos sanitários prioritariamente abertas para beneficiar a ventilação;

– Higienizar e lavar os sanitários e vestiários mais vezes ao dia, com produtos à base de cloro, ou outros aprovados pela vigilância sanitária que comprovadamente realize a desinfecção dos mesmos, garantindo a perfeita higienização.

Limpeza:

– Mapear os principais pontos de tráfego e presença de pessoas para que a rotina de limpeza e higienização possa ser reforçada em cada um deles. Avaliar protocolos para limpar rotineiramente superfícies frequentemente tocadas nas áreas de tráfego intenso, como portas e maçanetas, mesas, cadeiras e grades, botões dos elevadores, telas sensíveis ao toque, contêineres, etc.

– Assegurar que a equipe de limpeza utilize EPIs durante 100% do tempo em que estiver trabalhando e o protocolo deve incluir máscaras, luvas e aventais. Os funcionários da limpeza devem lavar as mãos antes e depois de utilizarem os EPIs, além de higienizar as mãos com álcool gel.

Nos estacionamentos:

– Ajustar a mensagem eletrônica nas cancelas sobre a importância do cuidado e atenção às medidas de saúde para combater a Covid 19;

– Reforçar a higienização nas cancelas e nos equipamentos de entrada dos veículos;

– Evitar a operação de VALET nesta fase;

– Disponibilizar máscaras e demais proteções para o atendente do caixa para pagamento de estacionamento e procurar manter somente um operador nesta função.

Sobre a APSA – Criada em 1931, a APSA é referência e uma das maiores empresas do Brasil em soluções para o viver bem em propriedades urbanas. Líder no mercado nacional de administração de condomínios, conta com uma carteira de mais de 300 mil pessoas atendidas em mais de 2,9 mil condomínios. Em locação, são cerca de 9 mil imóveis administrados. A APSA também atua com compra e venda de imóveis. É a primeira administradora nacional digital, além de possuir rede de atendimento espalhada por várias capitais do país – Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife, Fortaleza e Maceió.
Publicidade:
Anterior Bairro São José do Albertópolis (Guaritá) recebe nova pavimentação asfáltica
Próxima O novo normal nas relações de trabalho