Nos últimos meses, os serviços remotos foram impulsionados por serem uma alternativa prática e segura.

No caso da área de cursos online, a realidade não é diferente. Segundo o Google, as pesquisas por especializações à distância aumentaram 130% somente em abril. A demanda faz com que a criação de cursos não presenciais seja uma oportunidade de trabalho.

Para solucionar as dúvidas dos profissionais interessados em conseguir uma renda com cursos online, Bruno Mendonça, Head de Comunicação e Marketing da HeroSpark, solução para empreendedores digitais, compartilha dicas para quem tem interesse em ingressar na área:

1. Start

O primeiro passo para lançar e alavancar um curso online é a elaboração de um planejamento. Assim como qualquer outro empreendimento, o negócio remoto requer que o empreendedor entenda o mercado no qual se inserirá, o público-alvo que planeja se conectar e tenha ciência de quem são os concorrentes.

Além disso, o planejamento permite a criação de objetivos, que funcionarão como um guia para o futuro do negócio. No momento da definição das metas, é interessante ter propósitos menores que ajudarão a organizar os esforços em busca de determinada finalidade. As consequências de um planejamento bem estruturado são resultados práticos e eficientes no processo de criação das aulas.

2. Retorno Financeiro

Segundo Bruno, não há uma resposta objetiva que determine com precisão quando o empreendedor terá retorno financeiro. Tal momento é variável, pois diversos fatores podem acelerar ou adiar o tempo médio para o retorno acontecer. Porém, apesar de tantas variáveis, a especialista ressalta que um bom planejamento faz a diferença.

Além disso, também é fundamental realizar revisões periódicas no negócio, para que seja possível detectar se o público-alvo definido é o correto, se há problemas com a carta de vendas ou se os anúncios sendo direcionados para as pessoas corretas.

3. Competências para manter o negócio

“Disciplina, organização e resiliência”, comenta Bruno ao enumerar as características necessárias para se manter um negócio. Segundo a profissional, tais competências são necessárias, pois o curso online requer a produção de diversos conteúdos.

Consequentemente, os materiais certificam a autoridade e fortalecem a imagem pessoal do empreendedor. Nesse momento, as redes sociais são ferramentas importantes se usadas de maneira estratégica.

4. Ferramentas necessárias

Inicialmente, o empreendedor precisará de um domínio para hospedar o site, uma ferramenta para criar sua página de captura/vendas (como o SparkFunnels, que é gratuita, por exemplo), ferramenta de automação de e-mails e de gravação e edição de vídeos.

Sobre a Hero Spark
A HeroSpark é uma solução para empreendedores digitais que utiliza o talento de seus clientes como matéria-prima para construir um business online. A empresa nasceu da fusão entre Edools e EADBOX, startups que até então eram referência na área de edtech – e concorrentes. Elencada entre uma das 10 melhores startups do Paraná, a HeroSpark já conta com mais de 1600 clientes.