Troco na nuvem rende dobro da poupança e ainda evita perda de moedas; veja 6 vantagens


De acordo com uma pesquisa sobre hábitos de consumo de serviços financeiros divulgada pela IDC em janeiro de 2019, seis em cada dez brasileiros de classes A, B e C já utilizam algum tipo de serviço de pagamento digital. Uma nova modalidade que vem ganhando força neste ano é o troco na nuvem, que traz vantagens para consumidores e varejistas, com solução é possível simplificar transações financeiras que envolvem dinheiro em espécie.

 

Segundo Anderson Locatelli, diretor executivo da Troco Simples (https://trocosimples.com.br/) – startup que transforma moeda comum em troco digital para facilitar a vida dos varejistas -, o troco na nuvem nada mais é que receber as moedas digitalmente no CPF. “Nosso papel é levar também aos consumidores acesso a alternativas que diminuem a dependência de carregar dinheiro e moedas em grande quantidade na mão”, afirma. 

 

Locatelli comenta que o troco na nuvem pode render 3,65% ao ano – o dobro do valor da poupança, por exemplo. “Ao final das compras em dinheiro, a entrega do troco é feita de forma segura diretamente no CPF do consumidor, sem a necessidade de realizar algum tipo de cadastro. O consumidor tem como primeira opção deixar o dinheiro render ou utilizar o saldo recebido no próprio estabelecimento ou outro conectado a rede Troco Simples”, explica. 

 

Pensando nisso, o diretor executivo da startup, separou 6 vantagens em utilizar o troco em nuvem: 

 

1. O troco digital pode ser recebido sem a necessidade de qualquer tipo cadastro, o consumidor precisa apenas informar o CPF. O valor do troco é debitado diretamente ao cliente que consegue conferir posteriormente o saldo através de um aplicativo;  

 

2. O saldo obtido pelo consumidor no CPF pode ser utilizado em qualquer outro estabelecimento vinculado à solução de troco digital; a Troco Simples já está presente em mais de 500 estabelecimentos espalhados pelo Brasil;

 

3. O consumidor pode escolher deixar o saldo acumulado no CPF rendendo. Muitas pessoas tem o costume de guardar as moedas em cofrinhos, mas na nuvem o dinheiro pode render 3,65% ao ano;

 

4. Outra grande vantagem é que com o troco em nuvem é uma alternativa segura, a possibilidade de perder cédulas e moedas são menores por não precisar carregá-las nos bolsos e carteiras. 

 

5. É possível usar o troco digital para crédito no celular, recarregar cartão transporte e até mesmo transferir o valor para contas bancárias. Outra opção é fazer doação para instituições sem fins lucrativos.  

6. Ao solicitar o troco no CPF, evita qualquer tipo de constrangimento nos varejos como a devolução em balinha ou o arredondamento do valor final das compras.

Publicidade:
Anterior Para ir de carro: Enjoy Olímpia Park Resort oferece facilidades para curtir feriados de novembro
Próxima Atividades para o cérebro mantêm a saúde mental