Pular para o conteúdo
Início » Reta final: vídeos tiram as principais dúvidas sobre o Imposto de Renda

Reta final: vídeos tiram as principais dúvidas sobre o Imposto de Renda

Confira dicas de como fazer sua declaração e apoiar instituições neste período final da declaração. O prazo foi estendido até 31 de maio.

O prazo para declaração do Imposto de Renda finaliza agora em 31 de maio. Segundo dados da Receita Federal, mais de 40% dos contribuintes ainda não fizeram a declaração. A estimativa é que, até a data limite, 34 milhões de pessoas acertem as contas com o Leão.

Para aqueles que deixaram a declaração para a reta final, uma série de vídeos no canal do YouTube do Marista Escolas Sociais esclarece as principais dúvidas. O professor Luiz Carlos Benner, da Escola de Negócios da PUCPR,explica as diferenças da declaração no modelo simples e completo, como declarar venda de imóveis, despesas com animais, herança, criptomoedas e como destinar parte do Imposto de Renda para Instituições Sociais. “Doações podem ser feitas por quem, no ajuste anual, tenha imposto a receber ou a pagar. A base é sempre o imposto devido na declaração, e o sistema já fará o cálculo automaticamente, indicando o valor máximo a ser doado”, explica.

Os valores contribuem na rotina das instituições sociais

A declaração do Imposto de Renda é também um apoio importante para muitas instituições sociais. Os contribuintes que optam pelo modelo completo podem destinar até 3% do Imposto de Renda para projetos sociais em áreas de vulnerabilidade social. Muitas instituições estão retomando e aumentando os atendimentos após a pandemia. “A destinação via Imposto de Renda pode contribuir para atender, expandir e qualificar muitos projetos sociais. É uma forma contribuir e poder acompanhar de perto essa destinação, sobretudo neste momento de retomada em que vivemos”, afirma o gerente de engajamento e mobilização de recursos do Marista Escolas Sociais, Rodolfo Schneider.

Confira dicas de como destinar seu Imposto e contribuir com comunidades e projetos sociais:

1.      Seu dinheiro já seria destinado de qualquer maneira 

O valor destinado para projetos e instituições sociais já seria enviado para o governo de qualquer maneira. Sem mexer no seu bolso, esse valor pode contribuir com diversas instituições sociais e melhorar a qualidade de vida de muitas famílias.

2.     Doar não aumenta o risco de cair na malha fina

As doações são seguras e destinar até 3% do seu Imposto de Renda não aumenta as chances de cair na malha fina.

3.     Você pode doar sem fazer qualquer cálculo

Tem dificuldades com números e matemática? Não tem problema. O sistema calcula automaticamente o valor máximo que o contribuinte pode doar. É só preencher o formulário completo. Você deve clicar em “resumo de declaração”, e logo em seguida em “doação diretamente na declaração – ECA”. Depois é só selecionar o fundo “Municipal” da cidade do projeto escolhido, emitir e pagar a DARF até o dia 31 deMaio. Por fim, deve informar ao conselho e a instituição beneficiada sobre qual destino da sua doação.

4.    Site ensina passo a passo como doar

Ainda tem dúvidas de como fazer a doação? O site impostosolidario.org.br  ensina o passo a passo como fazer a sua doação, além de permitir com que o contribuinte possa conferir como funciona todo o processo.

Marista Escolas Sociais
Marista Escolas Sociais atende gratuitamente 7700 crianças, adolescentes e jovens por meio de 20 Escolas Sociais, localizadas em cidades de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Os alunos atendidos nas Escolas Sociais têm acesso a uma educação de qualidade e gratuita que vai desde a educação infantil até o ensino médio, além de projetos educacionais e pedagógicos que acontecem no período contrário às aulas. https://maristaescolassociais.org.br/