Pular para o conteúdo

Senac Barretos

Envelhecimento precoce dos dentes: entenda as causas, sintomas e como evitar

O envelhecimento é um processo natural, que pode acarretar vários problemas para o organismo, inclusive para a saúde bucal, especialmente para os dentes.

Porém, o envelhecimento precoce dos dentes se tornou uma condição muito comum entre os mais jovens e que veio se agravando nos últimos anos. Consiste na perda de estrutura mineral dos dentes (esmalte) muito precocemente, estando intimamente relacionado com o estilo de vida atual.

“Se você notar que seus dentes estão começando a ficar menores, mais desgastados, com alterações de cor e ficando mais amarelados. Você pode estar diante do envelhecimento precoce dos dentes.” alerta a cirurgiã-dentista e especialista em saúde bucal, Dra. Bruna Conde.

No decorrer do tempo, doenças periodontais, hipersensibilidade dental, erosão ácida, retração gengival, desgaste e alteração de cor dos dentes tornou-se comum entre pessoas de 25 a 30 anos de idade. Em casos assim, é importante procurar atendimento de um especialista quanto antes para não deixar se estabelecer o envelhecimento concreto e irreversível da dentição.

“Se você sentir dor ao morder, se alimentos gelados ou duros te incomodam, se for possível notar que anda apertando os dentes, transparência e dentes mais fino. Pode ser um dos sinais e sintomas que está na hora de procurar o seu dentista e evitar o desenvolvimento desse problema.” destaca Bruna Conde.

Situações comuns da vida moderna, como estresse e ansiedade, podem contribuir para esse envelhecimento precoce dos dentes. Exagero em bebidas, alimentação desequilibrada, bruxismo e doenças gástricas, que também podem ter relação com estresse e ansiedade, fazem com que apareçam cada vez mais situações que levam ao aparecimento de lesões não cariosas (perda patológica, lenta e irreversível da estrutura dental, não relacionada com a doença cárie e sem envolvimento bacteriano, podendo se desenvolver em um ou mais dentes da cavidade oral).

Quem mais sofre com o envelhecimento precoce dos dentes?

• Pessoas com comprometimento gástrico, como refluxo, bulimia e que passaram por cirurgias bariátricas (a acidez acaba causando degradação química da estrutura dentária – erosão ácida).

• Pessoas que fizeram tratamento ortodôntico, sem acompanhamento pós-tratamento, e que ficaram suscetíveis à retração gengival.

• Esportistas com dietas ricas em bebidas cítricas, água com limão, isotônicos e chás-verdes (além das pessoas que consomem refrigerantes com frequência, causando um efeito corrosivo).

• Pessoas ansiosas que apertam, rangem ou friccionam os dentes (bruxismo), sobrecarregando todas as estruturas orais.

• Pacientes oncológicos que precisam passar por quimioterapia e radioterapia, acarretando uma diminuição do fluxo salivar.

A especialista Dra. Bruna Conde traz algumas dicas para te ajudar a evitar o envelhecimento dental precoce, confira:

• Evite excesso bebidas muito ácidas, e quando for ingeri-las, opte pelo uso de canudos, de preferência ecológicos;

• Evite escovar os dentes logo após a ingestão de alimentos e bebidas ácidas (isotônicos, refrigerantes, açúcar, alimentos processados etc.). Enxague a boca com água e aguarde pelo menos 15 minutos para realizar a escovação;

• Intercale alimentos/bebidas ácidas com alimentos ricos em cálcio, como queijos e leites (eles reequilibram o PH da boca);

• Evite consumir alimentos/bebidas cítricas à noite. O fluxo salivar diminui e a saliva é um importante aliado para proteger os dentes;

• Beba água, pois ela contribui para a diluição dos alimentos e regula o PH da boca;

• Tenha uma boa rotina de higienização bucal e escove os dentes corretamente;

• Mantenha um acompanhamento regular com um especialista capacitado no assunto.

“Lembre-se que o envelhecimento da boca pode tornar a saúde bucal suscetível a diversos problemas e patologias, levando até a perda dos dentes precocemente. Busque ajuda profissional para te auxiliar a manter a longevidade do seu sorriso.” finaliza a Dra. Bruna Conde.

Mais Sobre Bruna Conde:

Dra. Bruna Conde – Dentista Antenada:
Cirurgiã Dentista.
CRO SP 102038

“Sou uma dentista antenada e busco estar ligada em tudo o que faz bem para a nossa saúde.”

Há mais de 10 anos de formada, mais de 7000 sorrisos realizados, Dra. Bruna Conde é especialista e em frequente atualização. Realiza pessoalmente todos os tratamentos listados em seu consultório através de protocolos baseados em evidência clínica e científica através do largo convívio social de pacientes, mestres renomados e profissionais da área da saúde que visam o tratamento multidisciplinar. Conhecida por ter uma postura humana, detalhista, visão do paciente como um todo, acolhedora com humor e risada única.