Corpo encontrado em canavial às margens da Rodovia Assis Chateaubriand é de professor de Frutal

O corpo envolto em um lençol foi encontrado por trabalhadores rurais no interior de uma propriedade às margens da rodovia Assis Chateaubriand
foto: Leandro Campos
foto: Leandro Campos
foto: Leandro Campos

O corpo envolto em um lençol foi encontrado por trabalhadores rurais no interior de uma propriedade às margens da rodovia Assis Chateaubriand.  Aparentemente se tratava de um homem. Na altura da cabeça tinham manchas de sangue.

Os trabalhadores encontraram ao longo da estrada alguns objetos supostamente pertencentes a vítima, sendo um chip de telefone celular, anotações em folhas de papel e uma valise preta.

A polícia militar foi comunicada do encontro do cadáver e esteve no local para o registro da ocorrência. Foi percebido que nas proximidades existiam marcas de pneus da manobra de um veículo.

A polícia civil foi comunicada e o delegado Dr. Celso Spadácio compareceu no local .

Peritos do Instituto de Criminalística colheram os materiais e registraram em fotos a situação encontrada no local. Tudo é captado para constar do inquérito policial.

Na bolsa encontrada nas proximidades entre os objetos havia uma agenda com nome e endereço que supostamente seriam da vítima. Trata-se de Adriano de Almeida Dias, morador na cidade de Frutal-MG.

A partir de agora todos os dados estão sendo coletados para o inquérito que vai apurar as causas da morte e a possível autoria.

Foi confirmado que o corpo estava  nu, com um fio envolto no pescoço e possivelmente com afundamento de crânio.

Reportagem: Paulo Maia

fonte: TV Barretos

Publicidade:
Anterior Mais um homicídio em Guaíra aconteceu na última sexta-feira
Próxima Judocas do CT Meninos de Ouro/AABB conquistam medalhas em Jales